TREMOR ESSENCIAL


Em um dos trabalhos da exposição Águia de Duas Cabeças, de Ana Dias Batista, três vitrines estão repletas de marfins, taças e porcelanas, objetos da coleção da instituição. Ao se aproximar de uma delas é possível ouvir sons como se a vitrine estivesse balançando, embora de fato isso não aconteça.

Estes áudios, disparados através de um sensor de proximidade, foram produzidos por mim em colaboração com a artista.