CONCERTO CORACIONAL


No espaço expositivo, quatro subwoofers e caixas de som tocam as batidas do coração do artista Paulo Bruscky. Estes sons são combinados de maneira aleatória através de um algorítmo que controla diversos parâmetros: quantos sons tocam ao mesmo tempo, quais, com qual duração, em quais falantes.

Desenvolvi toda a solução técnica para este projeto a convite do Instituto Tomie Ohtake. Fiz as gravações com o artista utilizando um estetoscópio digital, criei a programação e realizei a produção e montagem do sistema de som.